Buscar
  • especienativa

Fogueira


A fogueira é sem dúvida uma das mais gostosas atrações do acampamento, oferecendo aos seus participantes amplas oportunidades para o desenvolvimento de todos.

A reunião a noite, após as horas de atividade e trabalho do dia, ao redor do fogo, constitui um dos mais encantadores atrativos do acampamento.

Como muitos outros, é um hábito tirado dos índios que, ao redor do fogo formavam seus CARBETOS, onde os velhos chefes, cheios de nobreza, cobertos de cicatrizes ganhas nas grandes lutas da tribo, faziam ouvir seus conselhos.

Também ao redor do fogo reuniam-se para folgar e dançar, para ouvir histórias das longas viagens, de sóis a sóis, através das matas, acompanhando o serpentear dos rios, e para contar e escutar façanhas realizadas nas guerras e caçadas.

Para um acampamento educativo é uma reunião em que à noite, iluminados e aquecidos por uma fogueira, todos se reúnem para se divertir, cantar representar peças ligeiras, danças e também para refletir ou aprender algo de novo pela palavra do “dirigente”.

Através do conjunto de atividades realizadas e do ambiente criado, a fogueira cria situações propícias para desenvolver e incentivar no participante:

                A criatividade e a imaginação;

                A facilidade de expressão;

                A alegria;

                A sociabilidade;

                As habilidades artísticas;

                A autoconfiança;

                A espiritualidade.

As situações oferecidas pela fogueira, onde seus participantes devem buscar idéias novas para as apresentações, tomando exemplo das mais variadas forma leva-os a exercitarem um senso criativo desenvolvendo a imaginação.

As constantes apresentações, curtas ou mais longas, individuais ou em conjunto, pela repetição desenvolvem a facilidade de expressão dos participantes.

O clima jovial e alegre, movimentado, interessante e informal, proporciona excelente ocasião para o desenvolvimento da alegria. De fato, na prática é impossível manter-se alheio ao clima da fogueira.

O espírito de camaradagem, quem com seus companheiros constantes ou com pessoas novas, dentro desta informalidade da fogueira, resultam numa interação social profícua, fortalecendo a amizade e a fraternidade.

Também as habilidades artísticas são desenvolvidas, através das representações em si e nas suas preparações. Não havendo constrangimento imposto aos participantes da fogueira, sentem-se todos a vontade para representar, cantar, dançar, etc.., extraindo de dentro os sentimentos mais puros.

Sendo a fogueira realizada num ambiente de semi-escuridão, iluminados apenas pela luz da fogueira, todo participante sente-se a vontade, desde sua primeira participação, em tomar parte nas mais variadas formas de apresentações; pois não havendo a pressão de que os outros percebam que esta encabulado (já que o ambiente não permite ver se alguém esta ou não vermelho), uma vez que o participante também não percebe se outra pessoa esta inibida, dentro do clima de informalidade e jovialidade, a auto confiança desenvolve-se naturalmente.

Por fim temos o desenvolvimento da espiritualidade, criado dentro de um ambiente cerimonioso e elevado em certos momentos da fogueira.

13 visualizações0 comentário